Never say you hate your mother

Updated: Oct 29, 2018

During the month of Damodara (Kartik) we also celebrate maternal love. Mother's love is the most pure form of love in this world and it must be worshiped. The month of Damodara celebrates the love from the mother to her children.

One should never hate his/her mother, even if she makes terrible mistakes, she must be forgiven.

There are many examples in the Vedic Scriptures about mothers who have made mistakes, such as Kaikeyi, the mother of Bharata, but she was forgiven. After Lord Ramachandra's return, she apologised to him for her sins. Lord Rama touched her feet and said there was no need to ask for forgiveness as He didn't feel bad about what happened and He insisted to Bharata so that he could forgive his mother. Lord Rama also explained to Bharata that what mothers do, whether it is good or bad (defending Kaikeyi), is for the betterment of their children, not for themselves, so it is not good to be angry and rude with them.

By listening to Damodara's pastimes we can also meditate on our mothers and pray for them. We can offer our lamps to Krishna on the altar and celebrate maternal love during this special month.

This is a very beautiful month!


Reading Krishna's pastimes

Srila Prabhupada's books are a great source to find many of these sweet pastimes, so I urge you to please read his books.

Prabhupada makes these transcendental pastimes easy to understand by always using references from the vedanta, from his spiritual master's teachings and other Vaisnava saints too.

One needs transcendental eyes to understand transcendental content, so we need to take advantage of the work these great devotees have made accessible to us.



#Damodara #Ramachandra

Nunca diga que odeia sua mãe

Durante o mês de Damodara (Kartik) celebramos também o amor materno. O amor de mãe é a forma mais pura de amor neste mundo e deve ser adorado. O mês de Damodara celebra o amor da mãe para seus filhos. Não devemos odiar a nossa mãe, mesmo que ela cometa erros terríveis, ela deve ser perdoada. Há muitos exemplos nas Escrituras Védicas sobre mães que cometeram erros, como Kaikeyi, a mãe de Bharata, mas ela foi perdoada. Após no retorno do Senhor Ramachandra, ela pediu desculpas a ele por seus pecados. O Senhor Rama tocou seus pés e disse que não havia necessidade de pedir perdão, pois Ele não se sentiu mal com o que aconteceu e insistiu com Bharata para que ele pudesse perdoar sua mãe. O Senhor Rama também explicou a Bharata que o que as mães fazem, seja bom ou mau (defendendo Kaikeyi), é para o bem de seus filhos, não para si mesmos, então não é bom ficar zangado ou grosseiro com elas. Ao ouvir os passatempos de Damodara, podemos também meditar em nossas mães e orar por elas. Podemos oferecer nossas lâmpadas a Krishna no altar e celebrar o amor materno durante este mês especial. Este é um mês muito bonito! Lendo os passatempos de Krishna Os livros de Srila Prabhupada são uma ótima fonte para encontrar muitos desses doces passatempos, então eu recomendo que vocês leiam os seus livros. Prabhupada faz com que esses passatempos transcendentais sejam fáceis de entender, usando sempre referências da filosofia vedanta, dos ensinamentos de seu mestre espiritual e outros santos vaisnavas também. É preciso ter olhos transcendentais para compreender o conteúdo transcendental, por isso precisamos aproveitar o trabalho que esses grandes devotos tornaram acessíveis.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Twitter Icon